Entre em contato com o Presbítero Silvio Luis

Entre em contato com o Presbítero Silvio Luis
Email: slluisramos@gmail.com
Cel. (21) 986017617 (Oi)
Cel. (21) 96835-5541 (claro)

sábado, 19 de agosto de 2017

Louvor Que Liberta - Merlin Carothers


"O escritor C. S. Lewis disse que o melhor truque de satanás é convencer o mundo de que ele não existe".

          "Satanás já citava as Escrituras no tempo de Jesus e hoje ainda as cita. Ele não se importa que nós a citemos; gostaria, porém, que nos esquecêssemos da cruz, do sangue e do Cristo ressuscitado".

          "Sem Cristo e sem cruz não haveria o plano da salvação e nem os meios legais para o perdão dos pecados. Na realidade, não haveria evangelho".

quarta-feira, 1 de março de 2017

NÃO TENHO FÉ SUFICIENTE PARA SER ATEU - Norman Geisler e Frank Durek

          Se todas as religiões são iguais, então tornamos Cristo mentiroso e consideramos sua Grande Comissão uma farsa inútil, porque removemos todo o incentivo para evangelizar.

          Devemos pregar a verdade, mesmo se isso custar a nossa popularidade, mesmo se isso nos levar a sermos considerados intolerantes ou insensíveis, mesmo se for para sofrermos perseguição e sofrimento.

          Todas as visões religiosas mundiais requerem fé, até mesmo a visão mundial de que Deus não existe.

          E acontece que os ateus têm maiores lacunas no conhecimento porque têm muito menos provas de suas crenças do que os cristãos.

          Como Phillip Johnson tão habilmente disse: "aquele que afirma ser cético em relação a determinado conjunto de crenças é, na verdade, um verdadeiro crente de outro conjunto de crenças".

          Na verdade, o cristianismo é gratuito, mas ele pode custar-lhe a vida.

          Como observou Mortimer Adler, nossa conclusão sobre Deus causa impacto em todas as áreas de nossa vida. Ela é a chave para encontrarmos a unidade na diversidade e o verdadeiro sentido para a vida. Ela é, literalmente, a pergunta mais importante que o ser humano deve fazer.

          De tempos em tempos, os homens tropeçam na verdade, mas a maioria deles se levanta e segue adiante como se nada tivesse acontecido
        Winston Churchill

          Talvez Agostinho estivesse certo quando disse que nós amamos a verade quando ela nos ilumina, mas a odiamos quando ela nos convence.

          Hoje em dia, tolerância é aceitar que toda crença é verdadeira.

          O fato é que todo mundo - pluralistas, cristãos, ateus, agnósticos - faz julgamentos. Portanto, a questão não é se fazemos ou não julgamentos, mas se fazemos ou não julgamento correto.

          Quase que invariavelmente as pessoas formam suas crenças não baseadas nas provas, mas naquilo que elas acham atraente.
Blaise Pascal

          A longo prazo, a verdade protege e o erro ameaça.

          A ciência sem a religião é aleijada; a religião sem a ciência é cega.
Albert Einstein

          Se existe Deus, então porque existe algo diferente do nada? é uma pergunta que todos nós temos de responder.

          A luz das evidências, somos deixados apenas com duas opções: ou ninguém criou alguma coisa do nada ou alguém criou alguma coisa do nada. Que visão é mais plausível? Nada criou alguma coisa?

          Isaac Newton (1642 - 1727) confirmou de maneira implícita a validade do argumento teológico quando se maravilhou diante do projeto de nosso sistema solar. Ele escreveu: "Este belíssimo sistema no qual estão o sol, os planetas e os cometas somente poderia proceder do desígnio e do poder absoluto de um Ser inteligente e poderoso. Contudo, foi William Paley (1743 - 1805) que tornou famoso esse argumento por meio de sua declaração, de muito bom senso, de que todo relógio implica a existência de um relojoeiro. Contudo, foi William Paley (1743 - 1805) que tornou famoso esse argumento por meio de sua declaração de muito bom senso, de que todo relógio implica a existência de um relojoeiro.

          Porque Deus não tem limites, e, da nossa perspectiva, os céus também não têm. Deus é outro limitador ilimitado - Criador incriado - de todas as coisas. Ele é o ser auto-existente e infinito que criou este vasto e maravilhoso Universo do nada e que mantém todas  as coisas juntas hoje.

          Os primeiros astronautas caminharam pela superfície lunar e viram a terra nascer - algo que nenhum ser humano tinha visto antes - reverentemente leram o livro de Gênesis: "No princípio criou Deus os céus e a terra". O que seria mais apropriado para o momento? Uma recitação da teoria do múltiplo certamente não teria enfatizado a maravilha que os astronautas estavam experimentando. Testemunharam o projeto de um ângulo que ninguém vira antes e estavam maravilhados com a percepção de que uma criação maravilhosa exige um Criador maravilhoso. John Glenn fez eco às suas convicções quando, aos 77 anos de idade, olhou pela janela do ônibus espacial Discovery e comentou: "Olhar para este tipo de criação e não acreditar em Deus é algo impossível para mim.

          Deus nunca fez um milagre para convencer um ateu porque suas obras comuns já mostram provas suficientes.
Ariel Roth

  
          O microbiologista Michael Denton, embora ateu, acrescenta: "A complexidade do tipo mais simples de célula é tão grande que é impossível aceitar que tal projeto possa ter sido reunido repentinamente por algum tipo de acontecimento caprichoso ou altamente improvável. Tal ocorrência seria indistinguível de um milagre".

          A crença de que a vida na Terra surgiu espontaneamente com base em uma matéria inanimada é simplesmente uma questão de fé num reducionismo profundo e está baseada em ideologia.

          Faz muito mais sentido acreditar que a mente humana é feita à imagem de uma grande grande Mente - Deus. Em outras palavras, nossa mente pode aprender a verdade e pode raciocinar sobre a realidade porque ela foi criada pelo Arquiteto da verdade, da realidade e da própria razão. O materialismo não pode explicar a razão, assim como não pode explicar a vida. O materialismo simplesmente não é racional.

          É preciso ter muita fé para não acreditar em Deus. Mais do que a fé que temos!

          Geisler Wickramasinghe [que é ateu] disse: "Acreditar que a vida surgiu por acaso é como acreditar que um Boeing 747 surgiu depois de um tornado ter passado por um ferro-velho". Você precisa ter muita fé para acreditar nisso!

          O Deus que criou o Universo do nada pode abrir o mar Vermelho? Fazer descer fogo do céu? Manter um homem seguro dentro de um grande peixe por três dias? Prever acontecimentos futuros com precisão? Transformar água em vinho? Curar doenças instantaneamente? Ressuscitar dos mortos? Claro.

          Um milagre não é um milagre se puder ser explicado por meios naturais.

          Como é possível que os céticos não acreditem em milagres quando todo o Universo parece ser um maravilhoso milagre?

          Porque os apóstolos mentiriam? [...] se eles mentiram, qual foi a sua motivação, o que eles obtiveram com isso? O que eles ganharam com tudo isso foi incompreensão, rejeição, perseguição, torturas e martírio. Que bela lista de prêmios.
Peter Kreeft.

          As assim chamadas predições psíquicas não se podem comparar às predições bíblicas. Por exemplo: o Peoples Almanac (1976) fez um estudo das previsões dos 25 paranormais de maior destaque. Eles descobriram que 66 previsões, de um total de 72 (ou 92%) estavam completamente erradas. Aquelas que estavam corretas em algum aspecto eram vagas ou podiam ser explicadas pelo acaso ou por um conhecimento geral da situação mundial. Uma previsão, por exemplo, era de que os Estados Unidos e a Rússia continuariam sendo os principais poderes do mundo e que não aconteceriam guerras mundiais. Não é incrível? Em contraste, algumas das predições da Bíblia foram feitas com centenas de anos de antecipação, quando não se poderia antever eventos futuros sem ajuda divina, e todas as predições da Bíblia mostraram-se 100% corretas.

          No AT, Cristo está oculto; no NT, ele é revelado.

          Eu Sou é aquele que é auto existente. Ele não tem passado nem futuro, porque é eterno.

          Meu professor de ciências do ensino médio disse, certa vez, que a maior parte do Gênesis é falsa. Contudo, uma vez que meu professor de ciências não ressuscitou dos mortos, para provar que era Deus, vou acreditar em Jesus em vez de crer nele.
Anoy Stanley.



          Os milagres associados a Noé e a Jonas são brincadeiras de criança para o Deus Todo Poderoso que criou o Universo.

          A Bíblia é na verdade uma coleção de documentos escrito por cerca de 40 autores num período de 1.500 anos. Onde você poderia encontrar tal concordância numa variedade de questões entre 40 autores vivos hoje, quanto mais num período de 1.500 anos?

          Sempre falamos sobre Deus conter o mal, mas nos esquecemos de que, se ele o fizer, vai precisar nos conter também. Todos nós fazemos alguma coisa de mal.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Milagres - C. S. Lewis

 "Deus é amor" pode ser uma tautologia para os serafins, mas não para os homens.

          Se você ainda não notou que o sol nasce do lado do oriente, não irá admirar-se se um dia ele se levantar no ocidente.

          Cristo não morreu pelos homens por serem eles intrinsecamente dignos dessa morte, mas por que Ele era intrinsecamente amor, e, portanto ama infinitamente. E, afinal de contas, o que o tamanho de um mundo ou de uma criatura nos diz sobre a sua "importância" ou valor?

          Ele é então justo e não amoral; criativo e não inerte. Os escritos hebraicos observam aqui um equilíbrio admirável. Uma vez Deus disse simplesmente EU SOU, proclamando o mistério da autoexistência, mas vezes sem conta Ele disse, "Sou o Senhor", Eu, o Fato último, tenho este caráter determinado e não aquele. E os homens são exortados a "conhecerem o Senhor", a fim de descobrir e provar este caráter particular.

          Ele está tão pleno de existência que pode distribuí-la, pode provocar a existência de coisas, e ser realmente outra coisa além de si mesmo, pode tomar uma inverdade a afirmação de que Ele é tudo.

          Ele não pode ser afetado pelo amor, porque Ele é amor. Imaginar esse amor como algo menos torrencial ou menos agudo do que nossas próprias "paixões" temporárias e derivadas, é uma fantasia das mais desastrosas.

          O céu é o seu trono, não o seu veículo; a terra o estrado dos seus pés, não a sua vestimenta. Um dia ele irá desmantelar ambos e fazer um novo céu e nova terra. Ele não deve nem mesmo ser identificado com a "faísca divina" no homem, pois é Deus e não homem. Seus pensamentos não são os nossos toda a nossa retidão não passa de trapos imundos.

          Quanto maior o pecado, tanto maior a misericórdia. quanto mais profunda a morte mais brilhante a ressurreição.

          Todas as orações são ouvidas, mas nem todas atendidas.

          Quando o evento oposto ocorre, sua oração não foi ignorada, mas considerada e recusada, para o seu bem final e para o bem de todo o universo.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Na Jornada Com Cristo - Max Lucado

O Crescimento é o objetivo do cristão,A Maturidade é seu dever.

O problema não é que Deus não falou,
mas sim que nós não ouvimos.

Ironicamente, quanto mais sabemos, menos adoramos. Ficamos mais impressionados com a descoberta do interruptor de luz que com o inventor da eletricidade... Em vez de adorar o Criador, adoramos a criação (cf. Rm. 1:25). 



Se Deus é poderoso o suficiente para acender o Sol, não seria poderoso o suficiente para iluminar o seu caminho?

sábado, 1 de outubro de 2016

Bom dia - Max Lucado

          Jesus veio para servir. Ele escolheu a oração em lugar do sono, o deserto em lugar do Jordão, apóstolos irascíveis em lugar de anjos obedientes. Eu teria ficado com os anjos. Se tivesse a oportunidade, teria montado minha equipe apostólica com querubins e serafins, ou Gabriel e Miguel, testemunhas oculares dos resgates do mar vermelho e da queda de fogo do monte Carmelo. Eu teria escolhido os anjos.          Mas Jesus não. Ele escolheu as pessoas. Pedro, André, João e Mateus. Quando eles tiveram medo da tormenta, ele a acalmou. Quando não tinha dinheiro para os impostos, ele o supriu. E quando não havia vinho para a festa ou comida para a multidão, ele os criou.


...Então, como parte final de uma atuação Brilhante, ele(Deus) criou o homem. Com seu típico talento criativo, começou com um amontoado inútil de terra e terminou com uma espécie valiosa chamada humana. Um humano que teve a honra singular de receber o carimbo "à sua imagem".

"...Todo mundo tem certa quantidade de momentos. Todo mundo, exceto Deus. Ao lermos as estonteantes declarações de Cristo, devemos incluir esta bem perto do topo: "Eu lher afirmo que antes de Abraão nascer, Eu Sou!" (João 8.58).Acompanhe o curso da árvore até sua semente. O vestido até a fábrica. O do bebê de volta até a mãe. Acompanhe o curso de Deus até... até... até...Ninguém. Nem mesmo Deus criou Deus. "Desde os dias mais antigos eu sou" (Is 43.13).Ele é eterno. Ele não vê a história como uma progressão de séculos, mas como um único retrato. Ele captura sua vida, sua vida inteira em um único olhar. Ele vê seu nascimento e seu funeral na mesma tomada. Ele conhece seu início e sabe o seu fim, porque ele não tem nenhum dos dois. 

          Eu Sou o que Sou (Êxodo 3.14)

  • "Eu sou a ressurreição e a vida" (João 11.25).
  • "Eu sou o caminho, a verdade e a vida" (João 14.6).
  • "Eu sou a videira verdadeira" (João 15.1).
          O Cristo no tempo presente. Ele nunca diz "eu era". Nós dizemos. Dizemos porque éramos. Éramos mais jovens, mais rápidos, mais bonitos. Inclinados a sermos pessoas no tempo passado, nós relembramos. Deus não. Imutável em sua força, ele nunca precisa dizer "eu era". Os céus não possuem espelho retrovisor. Nem bolas de cristal. Nosso Deus "Eu Sou" nunca almeja, dizendo "um dia eu serei".
          Mais uma vez, nós dizemos. Empurrados pelos sonhos, procuramos horizontes. "Um dia eu serei..." Deus não. A água pode ser mais molhada? o vento pode não ventar? Deus pode ser mais Deus? Não. Ele não muda. Ele é Deus "Eu Sou". "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre" (Hb 13.8).

          Que presente ele lhe deu. Você ganhou na maior loteria da historia da humanidade e nem sequer pagou pelo bilhete.

         "Deus não nos chama para sermos bem-sucedidos, mas apenas fiéis".

          Você nunca irá onde Deus não está.

          O Filho de Deus morreu por você. Quem poderia ter imaginado tal presente? Na época em que Martinho Lutero imprimia sua Bíblia na Alemanha, a filha de um impressor encontrou o amor de Deus. Ninguém havia lhe falado sobre Jesus, Em relação a Deus, ela não tinha nenhuma emoção, a não ser medo. Um dia ela recolheu pedaços da Escritura caídos no chão. Sobre um dos papeis ela encontrou as palavras "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu...".

          A pedra foi removida - não para Jesus, mas para as mulheres. Não para que Jesus pudesse sair, mas para que as mulheres pudessem olhar para dentro da tumba!
          Ironicamente,  a primeira pessoa a aceitar a decisão de Deus quanto à morte é aquele que morre.Enquanto estamos chacoalhando a cabeça em descrença, eles estão erguendo a mão em adoração. Enquanto estamos chorando junto à sepultura, eles estão se maravilhando no céu. Enquanto questionamos a Deus, eles estão louvando a Deus.

          Considere o universo ao nosso redor. Diferentemente do oleiro que pega alguma coisa e muda a sua forma, Deus pegou o nada e criou alguma coisa. Deus criou tudo o que existe por meio do faça-se divino eh nihilo (a partir do nada).

          A cruz foi esboçada no plano original. Foi incluída no roteiro. No momento em que o fruto proibido tocou os lábios de Eva, a sombra de uma cruz apareceu no horizonte.
          Deus lança convites aos milhões. Ele sussurra através da bondade de um avô, grita através da tempestade de um tsunami. Por meio do funeral ele adverte: "A vida é fragil". Através de uma doença ele nos lembra: "Os dias estão contados".
          Este mundo nos cai como uma camisa emprestada. O céu, porém, cairá como uma roupa sob medida.
          Quando Deus nos chamar para o fundo vale da morte, ele estará conosco. Ousaríamos pensar que ele nos abandonaria no momento da morte? Um pai forçaria um filho a nadar fundo sozinho? O pastor exigiria que seus filhos fossem para a eternidade sozinhos? Não, absolutamente! Ele está com você.

          Ele nos ama por causa da nossa bondade? Por causa do nosso bom coração? Por causa da nossa grande fé? Não, ele nos ama por causa da bondade dele, do coração dele e da fé dele.




Max Lucado

sábado, 16 de julho de 2016

Pastor Policarpo

Você já deve ter ouvido falar das histórias dos mártires da Igreja. Homens e mulheres cristãos que morreram por não renunciarem sua fé em Jesus Cristo. Até hoje milhares de cristãos morrem nos países onde é proibido pregar o Evangelho de Cristo e na maioria das vezes nem ficamos sabendo disso. Graças a Deus que no Brasil ainda podemos falar do amor de Deus com liberdade. Que possamos aproveitar esta oportunidade e vivermos o Evangelho com responsabilidade. Abaixo está a história de um guerreiro da fé, que em momento algum pensou em abandonar o Senhor Jesus. Que você seja inspirado por esse testemunho maravilhoso!
"Jesus disse: quem me confessar diante dos homens, também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas aquele que me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus." (Lucas 12:8-9)
A carruagem feita de grades cruzava as ruas de pedra de Esmirna e o prisioneiro podia ouvir gritos da furiosa multidão que estava na arena. Cães farejadores seguiam o carro pelas ruas, latindo violentamente. Crianças de pele clara corriam pelas calçadas, com os olhos cheios de ansiedade. Ao longo do caminho, rostos sem nome paravam para espiar pela janela. A carruagem se deteve diante dos sólidos muros da arena. O guarda arrancou o prisioneiro do veículo e o lançou bruscamente ao chão, como se fosse um saco de lixo, machucando sua perna. Há semanas o público vinha pedindo a prisão e execução daquele homem. Mas ele não se parecia em nada com um criminoso - um homem idoso e de aparência frágil, com o rosto marcado pelas rugas. Tinha cabelos e barba tão brancos quanto as nuvens que enfeitavam o céu naquela tarde. Enquanto o velho prisioneiro mancava até a arena sob a vigilância de guardas armados, espalhou-se pela multidão a notícia de que aquele homem era Policarpo, o criminoso vil que tinha sido sentenciado à morte. Seu crime? Ele era líder local de um ritual supersticioso praticado por um grupo conhecido como "os cristãos".
A multidão gritava com sede de sangue, enquanto os soldados levavam o prisioneiro para se apresentar diante do procônsul romano. Quando ele viu o velho mancando, ficou com vergonha. Então aquele era o grande criminoso que havia causado tanto tumulto? Apenas um pobre velhinho? O procônsul usava uma túnica cor de púrpura, que balançava com o vento. Ele se aproximou do velhinho e lhe disse em particular:_ O governo romano não faz guerra contra idosos. Simplesmente jure pela divindade de César e deixarei você ir.
_ Não posso fazer isso.
_ Então, ao menos grite: "Acabem com os ateus!" E isso será suficiente.
Ele disse isso porque muitos romanos acreditavam que os cristãos eram ateus, já que eles não tinham templos nem adoravam imagens. O prisioneiro calmamente esticou seu braço enrugado, virou-se e apontou para a multidão cheia de ódio. Então, olhando fixamente para os céus, gritou:
_ Acabem com os ateus!
A reação do prisioneiro surpreendeu o procônsul. Apesar de o velhote ter feito o que lhe fora pedido, o governador percebeu, pela reação da multidão, que a libertação de Policarpo estava fora de cogitação.
_ Amaldiçoe a Jesus Cristo! - Exigiu ele.
Por um instante Policarpo fixou seus penetrantes olhos castanhos no semblante inflexível do procônsul. Então, respondeu calmamente:
_ Durante oitenta e seis anos tenho servido a Jesus e Ele nunca foi injusto comigo. Como, então, poderia eu amaldiçoar meu Rei e Salvador?
A multidão, incapaz de ouvir a conversa, estava ficando impaciente com a demora. O procônsul já estava ficando ansioso e pediu novamente ao prisioneiro:
_ Jure pela divindade de César!
_ Já que o senhor continua fingindo não saber o que eu sou, vou simplificar sua tarefa. Declaro, sem nenhuma vergonha, que sou cristão. Se o senhor quiser aprender um pouco sobre as nossas crenças, marque um horário e eu lhe ensinarei.
O procônsul ficou muito irritado e respondeu bruscamente:
_ Não tente me convencer, convença a eles! - Disse apontando para a multidão.
Policarpo olhou para os inúmeros rostos desconhecidos, que ansiavam pelo espetáculo sanguinolento a que vieram assistir.
_ Não, não vou rebaixar os ensinamentos de Jesus tentando convencer essa gente!
O procônsul já muito irado, gritou:
_ Você não sabe que tenho animais selvagens a minha disposição? Vou soltá-los imediatamente se você não se arrepender!
_ Bem, então solte! - Respondeu Policarpo, sem qualquer vestígio de medo na voz. _Como eu poderia me arrepender de fazer o bem para fazer o mal?
O procônsul estava acostumado a amedrontar até os criminosos mais perigosos, mas não estava conseguindo assustar aquele velhote. Então replicou:
_ Já que os animais selvagens não lhe assustam, saiba que você será queimado vivo se não renunciar a Jesus Cristo imediatamente!
Cheio do Espírito Santo, Policarpo irradiava alegria e confiança.
 O senhor me ameaça com um simples fogo que queima por uma hora e depois se apaga. Nunca ouviu falar do fogo do julgamento vindouro e do castigo eterno reservados para os ímpios? Por que está demorando tanto? Faça logo o que quiser comigo!
As coisas não saíram como o planejado. O procônsul deveria ser o grande vencedor e o prisioneiro deveria estar ajoelhado, implorando por misericórdia. Mas aquele prisioneiro, um idoso, havia vencido. O governador voltou ao seu assento, sentindo-se humilhado. Como a arena era muito grande, alguns mensageiros foram enviados a pontos específicos para anunciar o que Policarpo havia dito. Quando repetiram o que ele havia declarado, uma onda de fúria tomou conta da multidão. Fariam com ele o que eles quisessem!
Pularam de seus assentos e correram pela saídas e corredores, clamando pela morte de Policarpo. Corriam como loucos pelas ruas da cidade, juntando todos os pedaços de madeira que pudessem encontrar. Assaltaram alguns estabelecimentos e roubaram até a lenha acumulada nos banheiros públicos. Então, voltaram apressados para a arena, com os braços cheios de lenha para a pira que o carrasco estava preparando. Eles empilharam a madeira em volta de uma estaca, onde os soldados amarravam os membros de Policarpo. Mas Policarpo dizia calmamente aos soldados:
 Deixem-me como estou. Aquele que me dá força para suportar o fogo também me dará capacidade para ficar imóvel na fogueira sem que precisem me amarrar.
Depois de permitir que Policarpo orasse, os soldados atearam fogo à pira. O fogo de Esmirna acreditava que depois de queimar Policarpo apagaria seu nome da história, dando um fim àquela odiada superstição chamada cristianismo. Mas assim como o procônsul, eles subestimaram a vitalidade e a convicção dos cristãos. Pois em vez de intimidar os outros cristãos, a morte de Policarpo lhe trouxe inspiração. E em vez de desaparecer, o cristianismo cresceu ainda mais.
Ironicamente, o que os romanos não conseguiram fazer acabou sendo realizado pelos próprios cristãos. Hoje, praticamente ninguém conhece as histórias dos mártires de Jesus, como Policarpo, e o cristianismo verdadeiro tem sido apagado e esquecido pelos próprios cristãos.
Retirado do livro: Que falem os primeiros cristãos


Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/mensagens-evangelicas/martir-morreu-glorificando-a-deus#ixzz4EcAPlHxl

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.Hebreus 11:1

          Se eu perguntar qual é a definição de , e você me der como resposta o que está contido em Hebreus 11:1, terá nota dez, teologicamente falando, ou teoricamente falando, mas a  é algo a ser praticado, ou seja, é algo para se viver. 
          Pergunte a Abel o que é . Ele responderá: É oferecer um sacrifício a Deus e se alegrar em ver o sacrifício aceito. 
           Pergunte a Enoque. Ele responde: é andar com Deus.
      Pergunte a Noé. Ele responderá: é construir uma arca crendo no que Deus disse: Haverá dilúvio.
     Poderia citar muitos outros exemplos bíblicos, mas tais exemplos foram vividos por grandes "Heróis da ". Tenho minhas próprias experiência de com Deus, vi e vivi milagres na minha vida e presenciei milagres em muitas outras vidas. 
         
           Qual é a sua definição de ?  Tens vivido experiências com Deus ou vivido a de outros? 

          Perceba que todas as vezes que a Bíblia cita ou exemplo de Fé, na verdade, é Deus te convidando a ter experiência real com Ele, para, quando te perguntarem, o que é fé? Tu dirás: Fé é...

Por, Pb. Silvio Luis